♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador colesterol. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador colesterol. Mostrar todas as postagens

13/07/2017





"Leite com alho"

..."medicina popular antiga de uma centena"

benefícios do leite de alho

Leite  e Alho - 

Leite com alho

...benefícios do leite de alho:

...remédio popular antigo...
 

"Há muito tempo se sabe que o alho é um antibiótico natural , que é só por causa do seu aroma não vão ser consumidas diariamente."
 
Talvez por isso e decidiu uma vez para cozinhar este vegetal picante no leite.

O resultado é um excelente remédio sem um cheiro específico, que ajuda o corpo a lidar com muitas doenças, e não só o resfriado comum, como normalmente se pensa.

propriedades úteis de leite com alho

1. Reduz o colesterol ruim , melhora o sistema cardiovascular.

2. A bebida é útil para o fígado , como no alho contém grandes quantidades de enxofre, o que ajuda a limpar e fígado desintoxicação.

3. Ele reduz a inflamação e a dor da artrite .

4. Alho forjamento funcionamento do sistema nervoso , alivia a insônia.

5. Adicione o leite alho uma pitada de açafrão - obter um ótimo expectorante .

6. Cozidos alho trata a infertilidade tanto masculina e feminina.
 
Além disso, o leite com alho - um remédio popular para a impotência.

benefícios do leite de alho

 


. Como preparar o leite alho:

. Ingredientes:

. leite 500 ml
. 10 dente alho
. 2 colher de chá de  açúcar (a Gosto)
. 250 ml de água

Preparação:

1 . Alho limpo, picado.

2 . Água misturada com leite e coloque no fogo. 

Quando o líquido começa a ferver, 
adicione o alho
reduzir o calor para baixo.

Depois:

3 ...misturar durante 10 minutos, agitando ocasionalmente. 

Adicione o açúcar.

...bebida de leite alho 
...2 vezes por dia, independentemente da refeição...

...leite com alho para constipações.



Embora alho e leite - produtos naturais, em alguns casos, é necessário abandonar o tratamento proposto. 

Meios de contra-indicada em pacientes com 
diabetes
doenças agudas do 
trato gastrointestinal
sob pressão reduzida. 

Também 
leite alho não é recomendável beber mães lactantes."

"A fim de não gastar muito tempo em caros medicamentos , ter em serviço de um leite receita com alho, e para isso, salve-o em seus favoritos!"

fonte: naget.ru 


comente aqui







UA-90649529-1

08/08/2011

Mudanças de hábito contra colesterol



"Emboraa palavra colesterol ...

..."tenha adquirido um sentido pejorativo, 

ele é um tipo de gordura indispensável 

para o funcionamento do nosso metabolismo e está presente em todas as células do corpo. "

O problema é que existem 
dois tipos de colesterol:

o HDL

chamado comumente de bom colesterol, 


e o LDL

o colesterol ruim

Em excesso, este último (LDL)

pode gerar diversas complicações para a saúde 

cardiovascular, 

podendo até levar à morte.

Para evitar esses problemas, o Minha Vida reuniu sete dicas de hábitos que ajudam a prevenir ou - para aqueles que já receberam o diagnóstico - controlar a doença.

"Confira"

Sete mudanças de hábito que contribuem para baixar o colesterol




Peixe - Foto Getty Images


Trocar a carne por peixe

Para alguns, a associação entre peixes e ácidos graxos ômega 3 é imediata

Mas será que você sabe por que eles são tão bem-vindos na dieta

Um dos motivos é o fato de eles serem uma gordura boa, do tipo insaturada, que reduz, portanto, os níveis de colesterol e triglicérides do sangue.

Além disso, como completa o cardiologista, eles ainda evitam a formação de coágulos que podem obstruir vasos, podendo causar um infarto. Ácidos graxos ômega 3 estão presentes em peixes, como salmão, truta e atum, e em outros alimentos, como linhaça, nozes, rúcula e milho.



Exercícios - Foto Getty Images


Praticar exercícios

 
"Praticar exercícios físicos regularmente é uma maneira eficaz de aumentar a queima de gordura corporal, reduzindo o mau colesterol (HDL)", aponta Daniel Magnoni. Treinos frequentes também atuam na perda de peso e no controle do diabetes e da pressão alta, problemas que muitas vezes acompanham quem está com colesterol alto. Resumindo: você melhora a sua saúde e, de quebra, ainda entra em forma.

Fibras - Foto Getty Images


Consumir mais fibras

 
Fibras não podem ficar de fora do cardápio de quem tem colesterol. Primeiro porque elas diminuem a absorção de gorduras pelo organismo, reduzindo o nível de LDL. "O outro motivo é o fato de elas aumentarem a excreção de colesterol na forma de bile", esclarece o especialista.

Assim, prefira alimentos integrais e consuma frutas com a casca, sempre que possível. Outro conselho é preferir a fruta em seu estado natural, pois, quando aquecida, ela perde parte de suas fibras.

Cigarro - Foto Getty Images

Largar o cigarro
 
Fumantes naturalmente têm mais chances de ter problemas cardiovasculares do que os não adeptos ao tabagismo. No caso de quem tem colesterol alto, entretanto, o cigarro ainda age acelerando o aparecimento da arterioesclerose, acúmulo de substâncias gordurosas no interior das artérias. Ou seja, os riscos de entupimento de um vaso ficam ainda maiores, aumentando a probabilidade de má circulação e até de um infarto.


Aveia - Foto Getty Images

Adicionar aveia às refeições
 
Embora a ingestão de fibras, em geral, seja benéfica para combater e controlar o colesterol, a aveia desempenha um papel de destaque na luta contra essa doença. Isso porque ela promove a sensação de saciedade por mais tempo, melhora a circulação, controla a quantidade de açúcar do sangue e ainda diminui a absorção de gordura pelo corpo, explica o cardiologista.

Tudo isso ocorre graças a uma fibra chamada beta glucana, presente nesse alimento. Melhor ainda é saber que a aveia pode ser adicionada a diversas refeições que incluem frutas, massas e até saladas, realçando seu sabor.



Soja - Foto Getty Images


Escolher alimentos à base de soja
 
Os alimentos à base de soja podem não ter o mesmo sabor da carne original ou do leite, mas a verdade é que, se bem preparados, eles podem ser tão gostosos quanto quaisquer outros. E mais: eles não só combatem o colesterol ruim como ainda aumentam o colesterol bom, conta Daniel Magnoni.

A soja também ajuda a controlar problemas hormonais em mulheres na menopausa e ainda criam uma barreira no organismo contra infecções. Use a criatividade e prepare refeições ricas nesse alimento.



Azeite de oliva - Foto Getty Images



Optar pelo azeite de oliva   
 
Embora seja calórico, com recomendação diária máxima estipulada em duas colheres de sopa, o azeite de oliva não só ajuda a diminuir o mau colesterol (LDL) como ainda aumenta o bom colesterol (HDL), explica o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, do Hospital do Coração (Hcor), de São Paulo. Isso ocorre graças aos antioxidantes, como as gorduras monoinsaturadas e a vitamina E presentes no alimento.

Mas, apesar de fornecer esses e outros benefícios, como a capacidade de controlar o diabetes diabetes tipo 2, o azeite não deve ser a primeira opção na hora de preparar alimentos fritos. Neste caso, o mais recomendado é usar o óleo de soja, uma vez que ele mostra mais resistência à formação de compostos tóxicos quando aquecido.







 

 


fonte:
msn.minhavida.

10/09/2010

 
Saiba quando o colesterol é um vilão
Saiba quando o colesterol é um vilão
Não há quem conteste que os alimentos lights e integrais sejam mais saudáveis, e todos aprendemos a procurar informações sobre gordura trans nas embalagens dos produtos. Um dos objetivos disso é diminuir o colesterol — que, dizem muitos, “traz problemas para a saúde”. Mas será que é mesmo assim?

Colesterol é um tipo de gordura produzido pela célula de todos os animais vertebrados. Assim, não existe peixe, anfíbio, réptil, ave ou mamífero (portanto, ser humano) que não tenha algum nível dessa substância. “Não podemos ligar sempre informações negativas ao colesterol”, diz o cardiologista Oswaldo Tadeu Greco, do Instituto de Moléstias Cardiovasculares de São José do Rio Preto.
Um dos dois tipos de colesterol, o HDL (conhecido como “colesterol bom”), é fundamental: lubrifica os vasos sanguíneos e evita que moléculas os obstruam. Já o LDL, ou colesterol ruim, é o que levou a fama. Ele se deposita nas artérias e pode entupi-las. As consequências? “Infarto, AVC, até uma trombose na perna. A pessoa fica exposta a todos os riscos de um entupimento de vasos”, alerta Greco.
Se um colesterol é “mocinho” e outro é “vilão”, como evitar o que não presta? Aí a alimentação tem papel fundamental. O LDL está presente em carnes gordurosas, queijos e frituras.
Para se prevenir, a nutricionista Andréa Damazio, do Instituto Nacional de Cardiologia de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, aconselha consumir leites e derivados sempre lights, iogurtes, carnes magras sem fritura, saladas e frutas. “Muitas vezes a pessoa toma um medicamento para baixar colesterol e acha que pode comer tudo. Não é assim”, avisa. Uma alimentação saudável é recomendada para todas as pessoas.
Mas o colesterol não está ligado apenas à alimentação. O cardiologista Oswaldo explica que outro ponto importante é a hereditariedade. “Há famílias que, mesmo tomando todos os cuidados, tendem a ter taxas de colesterol elevadas.”

fonte:
http://www.portalvital.com/saude/colesterol


♂♀ http://saudediversascategoriasdicas.blogspot.com

Postagem em destaque

clinicafisiocare, clínica, fisiocare, saúde, dicas, pilates,

| + Atendimento individual personalizado + Equipe de profissionais qualificados + Atendimentos com hora marc...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com