♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador coração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador coração. Mostrar todas as postagens

20/07/2014


Como reconhecer os sinais de um infarto




O infarto é a morte do músculo do coração, chamado de miocárdio

O infarto acontece quando a circulação do sangue é interrompida por um coágulo de sangue ou por uma placa de gordura.

Embora o sintoma mais comum seja a dor no peito – de cada 10 pacientes 9 apresentam o sinal- o infarto pode causar outros desconfortos, mais difíceis de serem reconhecidos e atribuídos a um ataque cardíaco.

Se você for mulher, deve redobrar a atenção. 

Isso porque, segundo recente estudo publicado no JAMA (The Journal of American Medical Association), a dor no peito nas mulheres pode ser causada por refluxo gastresofágico ou até por ansiedade. 

Por isso, é preciso realizar exames como o eletrocardiograma 
e avaliar os outros sinais  
como 
enjoo, 
vômitos, 
dores nas costas 
e na 
mandíbula 
para fechar o diagnóstico.


É preciso estar atento a qualquer dor no peito e procurar um serviço de emergência o quanto antes. 
Quanto mais tempo se passa, maior é o dano ao músculo do coração.




Veja quais são os sintomas:
 

- Dor ou desconforto no peito
- Dor na mandíbula, pescoço, ombros e braços, principalmente do lado esquerdo
- Sensação de desmaio
- Suor excessivo
- Falta de ar
- Tontura
- Sensação de azia ou má-digestão


Corrida contra o tempo
 
Hoje já é possível detectar e desobstruir rapidamente a artéria entupida nos serviços de emergência. O procedimento consegue reduzir a taxa de mortalidade em pessoas infartadas, mas para isso é preciso chegar ao hospital o quanto antes.


Tome nota:
 
• Se você apresentar sintomas de um ataque cardíaco e, por alguma razão, não puder ligar para a emergência, chame outra pessoa para levá-lo direto ao hospital

 
"Nunca dirija"  


Nunca dirija você mesmo, a não ser que não tenha outra escolha
Não tenha medo ou fique constrangido em ir para o hospital se não tiver certeza dos seus sintomas, nesse caso é melhor ir e ser salvo, do que esperar e ter complicações
• Alguns ataques cardíacos começam de maneira discreta, com sintomas que vem e vão, portanto preste atenção ao seu corpo


Quem pode ter um infarto
 
Homens com mais de 45 anos e mulheres depois dos 50 são as principais vítimas do infarto, embora possa acontecer com qualquer pessoa, inclusive com crianças e adolescentes. Além da idade, veja se você tem algum fator de risco e procure um médico para avaliar a sua saúde cardiovascular:


Infarto prévio ou angina
• Pai ou irmão com infarto diagnosticado antes da idade de 55 anos
• Mãe ou irmã com infarto diagnosticado antes da idade de 65 anos
Diabetes
Colesterol alto no sangue
Pressão alta
Fumo
Obesidade
• Sedentarismo

• Estresse


 fonte:
 ameocoracao



Fatores de risco:

"Noite mal dormida e o impacto na saúde"






Com o excesso de atividades do dia a dia, os momentos de descanso estão cada vez mais raros na vida de muitas pessoas, consequentemente, as horas de sono de quem vive uma rotina agitada também têm sido reduzidas com o passar do tempo.
O sono é um período importante para o restabelecimento do nosso organismo.

 
Você sabia?
 
Dormir pouco não afeta apenas o equilíbrio emocional ou a capacidade de raciocínio do indivíduo, também pode causar sérios danos à saúde do coração, aumentando o risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC).
Isso porque quando dormimos há um momento de repouso do nosso sistema cardiovascular, no qual tanto a frequência cardíaca quanto a pressão arterial são reduzidas.

A falta de sono também faz com que ocorram alterações hormonais que podem aumentar o apetite e consequentemente levar ao ganho de peso.
 
Para que uma pessoa viva de maneira saudável é preciso que ela tenha, no mínimo, de 6 a 8 horas de sono por dia.
 
Uma boa noite de sono ajuda na produção de anticorpos contra as mais diversas doenças, fortalecendo o nosso sistema imunológico.

Recuperando o sono perdido
 
É possível repor as horas de sono perdidas?


Sim!  


Uma dica é estabelecer uma meta, procurando aumentar gradualmente o tempo de sono de 15 a 30 minutos por noite, a cada semana, por exemplo, até alcançar as 8 horas de sono por noite. 

Assim é possível combater o problema e, aos poucos, recuperar a saúde e a disposição.

Lembre-se:
 
Durante o sono: 

... quantidade e qualidade são igualmente importantes!






"CURTA e COMPARTILHE estas dicas para que outras pessoas possam ter uma boa noite de sono também!"

fonte:







comente aqui
 



15/04/2013


"Cientistas desenvolvem rim em laboratório"

Segundo especialistas, técnica baseada em reestruturação do órgão do próprio paciente mostrou 'grande potencial'.

Da BBC

Rim de rato desenvolvido em laboratório (Foto: BBC) 
Rim de rato desenvolvido em laboratório (Foto: BBC)
 
Um rim "criado" em laboratório foi transplantado para animais onde começou a produzir urina, afirmam cientistas norte-americanos.
A técnica, desenvolvida pelo Hospital Geral de Massachusetts e apresentada na publicação "Nature Medicine", resulta em rins menos eficazes do que os naturais. Mesmo assim, os pesquisadores de medicina regenerativa afirmam que ela representa uma enorme promessa.
Técnicas semelhantes para desenvolver partes do corpo mais simples já tinham sido utilizadas antes, mas o rim é um dos órgãos mais complicados de ser desenvolvido. Os rins filtram o sangue para remover resíduos e excesso de água. Eles também são o órgão com o maior número de pacientes na fila de espera de transplantes.
A técnica dos cientistas americanos consiste em usar um rim velho, retirar todas as suas células antigas e deixar apenas uma espécie de esqueleto, uma estrutura básica, que funcione como uma espécie de armação. A partir daí, o rim seria então reconstruído com células retiradas do paciente. Isso teria duas grandes vantagens sobre os habituais transplantes de rim.
Como o novo tecido será formado com células do paciente, não será necessário o uso de drogas antirrejeição, que evitam que o sistema imunológico bloqueie o funcionamento do órgão "estranho" ao corpo. Seria possível também aumentar consideravelmente o número de órgãos disponíveis para transplante. A maioria dos órgãos usados atualmente acaba rejeitada.

Teia de células
Nesse estudo, os pesquisadores usaram um rim de rato e aplicaram um detergente para retirar as células velhas. A teia de células restante, formada por proteínas, tem a forma do rim, e inclui uma intrincada rede de vasos sanguíneos e tubos de drenagem.

Esta rede de tubos foi utilizada para bombear as células adequadas para a parte direita do rim, onde se juntaram com a "armação" para reconstruir o órgão. O órgão reconstituído foi mantido em um forno especial por 12 dias para imitar as condições no corpo de um rato.
Quando os rins foram testadas em laboratório, a produção de urina chegou a 23% das estruturas naturais. A equipe, então, transplantou o órgão para um rato. Uma vez dentro do corpo, a eficácia do rim caiu para 5%.
No entanto, o pesquisador principal, Harald Ott, disse à BBC que a restauração de uma pequena fração da função normal já pode ser suficiente: "Se você estiver em hemodiálise, uma função renal de 10% a 15% já seria suficiente para livrar o paciente da hemodiálise. Ou seja, não temos que ir até o fim (garantir os 100% da função renal)."
Ele disse que o potencial é enorme: "Se você pensar sobre os Estados Unidos, há 100 mil pacientes aguardando por transplantes de rim e há apenas cerca de 18 mil transplantes realizados por ano." "O impacto clínico de um tratamento bem-sucedido seria enorme."

'Realmente impressionante'
 
Seriam necessárias ainda várias pesquisas antes de que o procedimento fosse aprovado para uso em pessoas. A técnica necessita ser mais eficiente, para a restauração de um maior nível de função renal. Os pesquisadores também precisam provar que o rim continuaria a funcionar por um longo tempo.


Haverá também os desafios impostos pelo tamanho de um rim humano. É mais difícil colocar as células novas no lugar certo em um órgão maior. O professor Martin Birchall, cirurgião do University College de Londres, envolveu-se em transplantes de traqueia produzidos a partir de armações desenvolvidas em laboratório. Sobre a pesquisa com o rim, ele disse: "É extremamente interessante, e realmente impressionante."

"Eles (os pesquisadores que desenvolveram o rim de rato) abordaram algumas das principais barreiras técnicas para tornar possível a utilização de medicina regenerativa para tratar de uma necessidade médica muito importante."
Ele disse que tornar o desenvolvimento de órgãos acessível a pessoas que necessitam de um transplante de órgão poderia revolucionar a medicina: "Do ponto de vista cirúrgico, é quase o nirvana da medicina regenerativa que você possa atender à maior necessidade de órgãos para transplante no mundo - o rim."


fonte:
g1globo



comente aqui  



 

22/05/2010



Especialistas vão monitorar o coração do torcedor durante a Copa

Pesquisa será feita em hospitais de seis cidades do país.
Médico recomenda evitar bebidas alcoólicas, cigarros e café na hora do jogo.

Do G1, com informações da Agência Estado
Faltam poucos dias para o início da Copa do Mundo da África do Sul. Mesmo que a equipe de Dunga não seja aquela "seleção dos sonhos", o coração dos brasileiros vai bater mais forte e a adrenalina vai subir quando começar o mundial. A emoção promete ser tão forte que a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) vai realizar um levantamento inédito no País para avaliar os riscos de problemas cardíacos nos torcedores durante os jogos do Brasil. A finalidade é analisar a influência de um jogo dramático sobre a saúde dos espectadores.
Em fase final de preparação, o levantamento, que será coordenado pelo cardiologista Nabil Ghorayeb, diretor do departamento de cardiologia do Esporte da SBC e responsável pelo Sport Check-up do Hospital do Coração (HCor), deve envolver cerca de 200 profissionais da área. "Serão selecionados de quatro a sete prontos-socorros de grandes hospitais em seis cidades do País para a iniciativa", afirmou o médico. As cidades selecionadas foram São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte e Salvador.
"Nós vamos manter em anonimato os nomes dos hospitais para não influenciar no resultado da pesquisa. E também para evitar uma corrida a esses locais", diz o médico que revelou apenas dois deles, o HCor e o Dante Pazzanese. "Não se trata de um estudo para o tratamento dos torcedores, mas de um questionário que os pacientes e médicos de plantão irão responder", frisa ele.
Os principais eventos cardiovasculares que serão analisados para elaborar uma possível relação com os jogos do Brasil são enfarte do miocárdio, angina (pré enfarte), arritmia e derrame cerebral.
O cardiologista revelou que uma pesquisa semelhante foi realizada na Alemanha durante a Copa de 2006. "Os trabalhos mostraram que no dia do jogo da Alemanha houve um aumento de 30% a 40% nos atendimentos em prontos-socorros em relação a doenças cardiovasculares agudas, como arritmias, hipertensão arterial e até isquemia do coração".
Recomendações aos torcedores
Para os torcedores mais afoitos - e principalmente para aqueles que têm histórico de problema cardíaco -, o médico faz algumas recomendações para evitar o estresse. "A mais radical é não assistir. Mas se a pessoa insistir em ver os jogos deve evitar tomar bebidas alcoólicas e bebidas derivadas de cafeína, pois elas funcionam como estimulantes. Não fumar ou evitar ficar próximo a um fumante", ressaltou.
Já os pacientes que usam medicação no final da noite, o ideal é tomar o remédio antes do jogo. "Mas é sempre importante conversar antes com seu cardiologista". E acrescenta: "fazer uma respiração profunda de seis a sete vezes também pode ajudar".
"As pessoas mais sensíveis devem fazer uma autocrítica e se proteger. É bom lembrar que alguns jogos provocam uma carga emocional muito grande e podem desencadear eventos cardíacos graves. O importante é sempre consultar seu médico", recomenda o médico.

fonte:
http://g1.globo.com/


♂♀ http://saudediversascategoriasdicas.blogspot.com

Postagem em destaque

nota de repúdio: urgente, facebook,grupos, saúde, groups,saudecaixa , curiosidades, dicas, urgente, saúde pública,

groups/saudecaixa ????????????????????????????? tags: urgente, facebook,grupos, saúde, groups,saudecaixa , curiosidades, dicas, urgente...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com