♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador sinais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sinais. Mostrar todas as postagens

20/07/2014


Como reconhecer os sinais de um infarto




O infarto é a morte do músculo do coração, chamado de miocárdio

O infarto acontece quando a circulação do sangue é interrompida por um coágulo de sangue ou por uma placa de gordura.

Embora o sintoma mais comum seja a dor no peito – de cada 10 pacientes 9 apresentam o sinal- o infarto pode causar outros desconfortos, mais difíceis de serem reconhecidos e atribuídos a um ataque cardíaco.

Se você for mulher, deve redobrar a atenção. 

Isso porque, segundo recente estudo publicado no JAMA (The Journal of American Medical Association), a dor no peito nas mulheres pode ser causada por refluxo gastresofágico ou até por ansiedade. 

Por isso, é preciso realizar exames como o eletrocardiograma 
e avaliar os outros sinais  
como 
enjoo, 
vômitos, 
dores nas costas 
e na 
mandíbula 
para fechar o diagnóstico.


É preciso estar atento a qualquer dor no peito e procurar um serviço de emergência o quanto antes. 
Quanto mais tempo se passa, maior é o dano ao músculo do coração.




Veja quais são os sintomas:
 

- Dor ou desconforto no peito
- Dor na mandíbula, pescoço, ombros e braços, principalmente do lado esquerdo
- Sensação de desmaio
- Suor excessivo
- Falta de ar
- Tontura
- Sensação de azia ou má-digestão


Corrida contra o tempo
 
Hoje já é possível detectar e desobstruir rapidamente a artéria entupida nos serviços de emergência. O procedimento consegue reduzir a taxa de mortalidade em pessoas infartadas, mas para isso é preciso chegar ao hospital o quanto antes.


Tome nota:
 
• Se você apresentar sintomas de um ataque cardíaco e, por alguma razão, não puder ligar para a emergência, chame outra pessoa para levá-lo direto ao hospital

 
"Nunca dirija"  


Nunca dirija você mesmo, a não ser que não tenha outra escolha
Não tenha medo ou fique constrangido em ir para o hospital se não tiver certeza dos seus sintomas, nesse caso é melhor ir e ser salvo, do que esperar e ter complicações
• Alguns ataques cardíacos começam de maneira discreta, com sintomas que vem e vão, portanto preste atenção ao seu corpo


Quem pode ter um infarto
 
Homens com mais de 45 anos e mulheres depois dos 50 são as principais vítimas do infarto, embora possa acontecer com qualquer pessoa, inclusive com crianças e adolescentes. Além da idade, veja se você tem algum fator de risco e procure um médico para avaliar a sua saúde cardiovascular:


Infarto prévio ou angina
• Pai ou irmão com infarto diagnosticado antes da idade de 55 anos
• Mãe ou irmã com infarto diagnosticado antes da idade de 65 anos
Diabetes
Colesterol alto no sangue
Pressão alta
Fumo
Obesidade
• Sedentarismo

• Estresse


 fonte:
 ameocoracao



Fatores de risco:

"Noite mal dormida e o impacto na saúde"






Com o excesso de atividades do dia a dia, os momentos de descanso estão cada vez mais raros na vida de muitas pessoas, consequentemente, as horas de sono de quem vive uma rotina agitada também têm sido reduzidas com o passar do tempo.
O sono é um período importante para o restabelecimento do nosso organismo.

 
Você sabia?
 
Dormir pouco não afeta apenas o equilíbrio emocional ou a capacidade de raciocínio do indivíduo, também pode causar sérios danos à saúde do coração, aumentando o risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC).
Isso porque quando dormimos há um momento de repouso do nosso sistema cardiovascular, no qual tanto a frequência cardíaca quanto a pressão arterial são reduzidas.

A falta de sono também faz com que ocorram alterações hormonais que podem aumentar o apetite e consequentemente levar ao ganho de peso.
 
Para que uma pessoa viva de maneira saudável é preciso que ela tenha, no mínimo, de 6 a 8 horas de sono por dia.
 
Uma boa noite de sono ajuda na produção de anticorpos contra as mais diversas doenças, fortalecendo o nosso sistema imunológico.

Recuperando o sono perdido
 
É possível repor as horas de sono perdidas?


Sim!  


Uma dica é estabelecer uma meta, procurando aumentar gradualmente o tempo de sono de 15 a 30 minutos por noite, a cada semana, por exemplo, até alcançar as 8 horas de sono por noite. 

Assim é possível combater o problema e, aos poucos, recuperar a saúde e a disposição.

Lembre-se:
 
Durante o sono: 

... quantidade e qualidade são igualmente importantes!






"CURTA e COMPARTILHE estas dicas para que outras pessoas possam ter uma boa noite de sono também!"

fonte:







comente aqui
 



Postagem em destaque

nota de repúdio: urgente, facebook,grupos, saúde, groups,saudecaixa , curiosidades, dicas, urgente, saúde pública,

groups/saudecaixa ????????????????????????????? tags: urgente, facebook,grupos, saúde, groups,saudecaixa , curiosidades, dicas, urgente...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com